GLORIOSO

GLORIOSO

domingo, 3 de janeiro de 2016



Como foi o Benfica - V.Guimarães



Vitória justa do Benfica com um golo do outro mundo.


Renato Sanches, o melhor jogador em campo, enviou um "míssil" que rebentou com a muralha do Guimarães. Foi ele o Conquistador.


Tal como previ na antevisão a este jogo, o Guimarães deixou a pele e o osso em campo, o treinador é um anti, e felizmente não se confirmaram os receios com o apitador.


No Benfica previ que jogaria de inicio Mitroglou, mas surgiu Jimenez no seu lugar, não gostei.
Foi mais um jogo onde o Benfica esteve muito longe de apresentar um futebol de qualidade, pouca ligação entre sectores, os flancos atacantes não funcionaram, os avançados sempre longe da baliza adversária, e tudo o que se fez foi sempre muito previsível.
Foi mais uma vitória conseguida com muita alma e coração, sem qualidade de jogo, mas com muita entrega e vontade de vencer.
Foram 3 pontos inteiramente merecidos.


Como jogaram os Nossos :


Júlio César, o melhor guarda-redes do campeonato, seguro como sempre.
A.Almeida, o pior elemento da defesa, não está num bom momento.
Lisandro, ninguém se tem lembrado do Capitão Luisão.
Jardel, muito bem em tudo o que fez.
Eliseu, o melhor jogo que lhe vi fazer esta época.
Fejsa, é o melhor do Benfica na sua posição, muito seguro e muito lutador.
Renato Sanches, foi o melhor em campo, leva a equipa às costas, é a alma deste Benfica.
Pizzi, perdeu lances de golo feito, pouco dinâmico e sem conseguir ligar o jogo.
Gaitán, muito mal, provavelmente não estava em condições físicas de jogar.
Jonas, dinâmico na procura da bola, lutador, mas longe da baliza.
Jimenez, andou sempre longe da baliza e da bola, perdido em campo.


Carcela, 20' em campo (saiu Gaitán), entrou com vontade de mudar o rumo do jogo.
Cristante, 5' em campo (saiu Jimenez), para queimar tempo.
Mitroglou, 2' em campo (saiu Jonas), para queimar tempo.


O Treinador :
Apostou em Jimenez de inicio, num jogo que pedia claramente Mitroglou na área.
Jimenez não justificou a aposta, e muito menos os 89' em campo.
Com o Benfica a precisar de vencer, só aos 70' com o resultado em 0-0 mexeu na equipa, Gaitán primeiro, e Jimenez depois, deveriam ter saído muito mais cedo.
O "míssil" do Renato salvou-lhe a falta de leitura de jogo, e a falta de audácia.Tem de ser mais corajoso e arrojado.
Está a tardar, muito, um futebol que nos faça acreditar no título.
O Benfica não luta pela manutenção, luta para ser Tricampeão.


Com esta vitória, e a 4 pontos do primeiro lugar, temos tudo para ser Campeões.
Não há desculpas.


VIVA O BENFICA









Sem comentários: